Pesquisa e Desenvolvimento na Cadeia Produtiva de Frangos de Corte no Brasil

Os pesquisadores Nádia Solange Schmidt  e Christian Luiz da Silva publicaram na Revista de Economia e Sociologia Rural o artigo intitulado “Pesquisa e Desenvolvimento na Cadeia Produtiva de Frangos de Corte no Brasil”.

RESUMO

Nos últimos anos, a produção de carne de frango brasileira cresceu 112%. Esse desempenho posicionou o Brasil como o maior exportador e o terceiro maior produtor mundial. A cadeia produtiva de frangos de corte é representada por milhares de produtores, diversas empresas beneficiadoras e exportadoras. Sua organização, capacidade gerencial, inovações tecnológicas introduzidas e o uso de um sistema eficiente de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D)5 foram as razões desse sucesso. O presente artigo analisou o processo de P&D dessa cadeia, nas etapas de produção e industrialização, por meio de uma pesquisa qualitativa, com uso de questionários semiestruturados. Os resultados obtidos permitem concluir que a maior parte das empresas pesquisadas têm estrutura própria de P&D e desenvolvem pesquisa mais fortemente direcionada para o desenvolvimento de produtos ou processos, algumas buscando inovações tecnológicas, outras apenas testando produtos já desenvolvidos. Um fato positivo é que as instituições públicas, como universidades e IPPs (Institutos Públicos de Pesquisa), são parceiros importantes nesse processo, o que demonstra confiança nessas instituições, além da preocupação em maximizar os recursos físicos, humanos e financeiros.

Palavras-chaves: cadeia produtiva de frangos; pesquisa e desenvolvimento; Institutos Públicos de Pesquisa

Confira o artigo completo no link:
http://dx.doi.org/10.1590/1234-56781806-94790560307

Anúncios

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PRIORIZAÇÃO DE PROJETOS EM INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE PESQUISA: O CASO DA EMBRAPA SUÍNOS E AVES

Na Revista Cadernos de Ciência & Tecnologia foi publicado um artigo dos pesquisadores Nádia Solange Schmidt  e Christian Luiz da Silva, intitulado PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PRIORIZAÇÃO DE PROJETOS EM INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE PESQUISA: O CASO DA EMBRAPA SUÍNOS E AVES.
RESUMO
Entre as Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) públicas brasileiras, a Embrapa se constitui na maior e principal instituição de pesquisa agropecuária, destacando-se internacionalmente como o principal centro de tecnologia agropecuária tropical do mundo. Como a Embrapa recebe a maior parte dos recursos públicos destinados à pesquisa agropecuária, buscou-se analisar a percepção dos empregados, em uma Unidade de Pesquisa da Embrapa, sobre o processo de alinhamento entre o planejamento estratégico e os critérios de priorização de projetos de pesquisa. Os resultados apontaram para a existência de um planejamento estratégico e priorização de projetos bem estruturados. Porém, o alinhamento entre esses dois processos não está suficientemente evidenciado, o que aponta para a necessidade de se rever a forma como são priorizadas as estratégias traçadas no planejamento estratégico da instituição e os critérios orientadores na priorização de projetos de pesquisa.

Confira o artigo completo no link:
http://seer.sct.embrapa.br/index.php/cct/article/view/26408/14319

Artigo de Izabel Biernaski e Christian Luiz da Silva: Main Variables of Brazilian Public Policies on Biomass use and Energy

Periodico

Os pesquisadores Izabel Biernaski e Christian Luiz da Silva publicaram o artigo “Main Variables of Brazilian Public Policies on Biomass use and Energy”, no periódico Brazilian Archives of Biology and Technology.

Confira o artigo completo no link: http://www.scielo.br/pdf/babt/v61nspe/1516-8913-babt-61-spe-e18000310.pdf

Uma avaliação do sistema único de saúde nas capitais brasileiras: sugestões para a criação de políticas públicas

Os pesquisadores Marta Chaves Vasconcelos e Christian Luiz da Silva publicaram o artigo “Uma avaliação do sistema único de saúde nas capitais brasileiras: sugestões para a criação de políticas públicas”, no periódico GCG GEORGETOWN UNIVERSITY – UNIVERSIA. Confira o artigo completo no link: https://gcg.universia.net/article/view/3400/evaluacion-sistema-unico-salud-las-capitales-brasilenas-sugerencias-la-creacion-politicas-publicas

GCG

Artigos publicados nos anais do XI Congresso Brasileiro de Planejamento Energético 2018

Confira os artigos publicados pelos pesquisadores do grupo:

CBPE 2018
* Adriana Ripka e Christian Luiz da Silva – Planejamento energético brasileiro: como as startups podem favorecer o cenário para a Energia 4.0 (https://www.xicbpe.com.br/_down_artigos/279.pdf ou https://www.researchgate.net/…/328175080_Planejamento_energ…)

* Fabrízio Nicolai Mancini​ e Christian Luiz da Silva – Resíduos sólidos urbanos e energia: um estudo prospectivo da inserção da geração de energia com RSU e seus impactos no sistema elétrico do Paraná (https://www.xicbpe.com.br/_down_artigos/305.pdf)

* Flávia De Faria Gomes​ e Christian Luiz da Silva – A conflituosa trajetória da energia renovável: implicações da dinâmica territorial e de planejamento urbano no Paraná (https://www.xicbpe.com.br/_down_artigos/162.pdf)

Apresentação de seminário

O Núcleo Curitiba do Observatório das Metrópoles e o LADIME – Laboratório de Dinâmicas Metropolitanas, convidam para a atividade de apresentação do tema de pesquisa de  Rylanneive Pontes, integrante do Núcleo Natal do Observatório das Metrópoles e mestrando junto ao PPUER – Programa de Pós Graduação em Estudos Urbanos e Regionais.


Título: Planejamento urbano e adaptação climática: um estudo das cidades de Natal/RN e Curitiba/PR
Data: 12 de setembro (quarta-feira)
Horário: 14:00 horas
Local: sala CT 13 setor de Ciências da Terra (piso superior) – Centro Politécnico – UFPR

Continuar lendo

Artigo publicado no periódico Recycling, volume 3 de 2018.

No volume 3 (2018) da revista Recycling, os pesquisadores Christian Luiz da Silva e Camille Bolson tiveram um artigo publicado, intitulado “Public Policy for Solid Waste and the Organization of Waste Pickers: Potentials and Limitations to Promote Social Inclusion in Brazil”. Como o próprio título indica, o artigo trata de Política Pública de Resíduos Sólidos e a Organização dos Catadores de Materiais Recicláveis com foco na inclusão social no Brasil. Confira abaixo o resumo do artigo e para acessar o texto completo clique aqui.

Abstract

The management model for the National Solid Waste Policy to develop sustainable actions, proposes the social inclusion of recyclable waste pickers in the waste management system. Compliance with the law, the form of participation of the waste pickers, and incentive mechanisms are configured as a relationship open to analysis. Therefore, the aim of this work was to investigate the potentials and limitations of a recycling cooperative, in terms of social technologies and inclusion, to encourage local development. The qualitative approach was aided by structured questionnaires, semi-structured interviews, and participant observation. The resulting evidence suggests that the organization of a cooperative, enabled access to information on the legislation of the National Solid Waste Policy. It showed the need to strengthen relationships with education institutions and public authorities. Despite the low levels of education of the members of the cooperative, projects and knowledge could be developed to aid social technologies. No technological innovations were observed, nor the production of alternative artifacts for recyclable materials. This weakens the cooperative in terms of articulation among peers, most notably the integration of the Catamare cooperative in the network of Cataparaná, to support the sale of material produced for industry. It may be concluded that joining the cooperative improved the social, economic, and political conditions of the members, but there were also structural limits to the recycling production chain that were not considered in the National Solid Waste Policy; and to a certain extent this weakens the development of sustainable actions. Furthermore, the organization of the cooperative hindered the development of social technologies and the social inclusion of the waste pickers.